Observatório da Costa Amazônica

RESEX SOURE

RESERVA EXTRATIVISTA MARINHA DE SOURE

Resex Soure

A Reserva Extrativista Marinha de Soure, no município de Soure, Estado do Pará, foi criada em 22 de novembro de 2001 tendo em vista o disposto no art. 18 da Lei no 9.985, de 18 de julho de 2000, e no Decreto no 98.897, de 30 de janeiro de 1990. A área da Resex-Mar é de aproximadamente 27.463,58 ha (Brasil 2001), e de acordo com o último censo demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE) de 2022 o município de Soure tem 24.204 habitantes, aproximadamente 8,47 habitantes por km² (IBGE 2022).

A Resex de Soure é classificada como área de uso sustentável, com biomas da Amazônia e Costeiro-Marinha, essa região possui florestas de mangue que fazem parte da maior faixa contínua de manguezal do mundo, que vai do estado do Maranhão até o Amapá (Plano de manejo 2018).

Economicamente, na Resex Soure as famílias extrativistas da UC sobrevivem principalmente dos recursos pesqueiros como: peixes, caranguejo-uçá, camarões, siris e mariscos em geral e recursos florestais não-madeireiros, tais como, óleos naturais e frutos, especialmente o açaí e o coco, criação de pequenos animais como galinhas, patos e porcos, artesanato e produtos naturais cerâmica e materiais naturais diversos, incluindo fitoterápicos e atividades ligadas ao ramo turístico passeios, serviços de bar e restaurante, hospedagem, etc (Plano de manejo 2018).

Brasil. Decreto Nº 4.340, de 22 de agosto de 2002. Reserva Extrativista de Mocapajuba. Diário Oficial da União, 2014.

pt_BR